O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    A sociedade atual vive em um ambiente hedonista, na qual as pessoas se acham no direito de violentar, abusar e desrespeitar o próximo para obter prazer. Em meio a esse universo, a pedofilia tem crescido. Essa violência psicológica, e às vezes física, causa, além do constrangimento, um sentimento de impotência e inferioridade, trazendo várias consequências as crianças tanto no presente como também no futuro. Ainda que a pedofilia também seja praticada pelas mulheres, a mídia colabora para uma imagem apenas masculina dos praticantes.
          A pedofilia é um distúrbio psíquico que leva a obsessão de práticas sexuais que não são aceitas pela sociedade. Não são raros os casos que vêm acontecendo atualmente. Um fato bem repercutido nas redes sociais, foi o de uma menina de 12 anos participante do reality show MasterChef Junior, veiculado pela TV Bandeirantes. Durante o programa muitos comentários com expressões de desejos pedófilos foram feitos nas redes sociais. Isso mostra que os pedófilos usam a rede como palco para sua perversão, se aproveitando de um certo anonimato. Essa exibição sem culpa ou vergonha de anseios pedófilos é um reflexo da cultura hedonista já citada anteriormente. Os praticantes da pedofilia tratam as criancas como objetos de prazer, desrespeitando os direitos impostos as criancas, como direito à saude, à dignidade, entre outros.
           Além disso, um grande erro da mídia é caracterizar esses crimes como sendo execultados apenas por homens, tornando díficil enxergar a mulher como praticante do ato. Uma pesquisa no Estados Unidos mostra que 20% dos casos contra meninos e 5% contra as meninas foram realizados por mulheres. Ambos os gêneros são responsáveis por propagar essa "cultura do abuso". Esses abusos causam implicações emocionais nas crianças, como a depressão e a predisposição para o uso de álcool e drogas, bem como a tendência em serem futuros agressores.
           Como a pedofilia tem crescido atualmente, é necessário que a família e a escola, em parceria, desfaçam essa mentalidade hedonista, que considera as pessoas como objetos para consequir o prazer. As leis que punem os casos de pedofilia devem ser estreitadas, tornando-se mais específicas e colocadas mais em prática. Além disso, a mídia deve parar de acobertar os casos, o que colabora com a invisibilidade das criancas, deixando elas  como reféns, de mãos e pés atados. Dessa forma, a pedofilia podera ser minimizada.