Envie sua redação para correção
    Vidas Destruídas
    
      Atração sexual primária ou exclusiva de adultos ou adolescentes para crianças pré-púberes, geralmente no mínimo cinco anos mais novas em relação aos agressores. Danos para a vida toda; mentais ou até físicos. Crianças tristes, abaladas, sem voz em casa e com futuro comprometido.
      Muitas violências ocorrem na casa da própria vítima, contudo, é um assédio contínuo, e muitas vezes, desconhecido pelo responsável. Ingênuos que com medo e vergonha não contam sobre a violência que sofrem aos seus pais ou a familiares, caso os agressores sejam os próprios responsáveis legais. Quando o abuso é infrafamiliar, torna-se um segredo, dificilmente o caso chega às delegacias.
      Observa-se que indivíduos agredidos sexualmente na infância lutam com a dificuldade ao se relacionar e acreditar em pessoas ao seu redor. Como Benedetto Croce afirma, "Violência nunca poderá ser criadora de algo, apenas destruidora.", a vítima sempre levará consigo lembranças do quanto sofreu e de tudo o que foi obrigada a fazer, rancor e tristeza só corroboram um futuro cidadão oprimido, com mágoas e revoltas.
      Levando-se em consideração os aspectos mencionados, causas exatas da pedofilia ainda não foram conclusivamente estabelecidas. Porém, há terapias que podem reduzir a incidência de abusos infantis e tratamentos involuntários permanentes a criminosos. Família e escola precisam andar juntas na educação cotidiana e no alerta aos pequenos, para que digam "não" a pessoas más intencionadas, pais precisam ter interação com seus filhos, logo, com mais diálogos crianças se expressarão abertamente e também, desabafarão sobre o abuso ocorrido.