O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    O saudosismo da infância querida relatado por Casimiro de Abreu no poema "Meus oito anos", deveria ser uma experiência vivenciada por todo ser humano. No entanto, o silêncio, solidão e medo são os únicos sentimentos experimentados por crianças abusadas sexualmente, por isso é primordial medidas contra esse ato inescrupuloso, mostrando-se cada vez mais importante a educação sexual desde a primeira fase de vida, uma boa aplicabilidade do meio dos meios de comunicação e atuação de uma autoridade qualificada.
          O aprendizado sobre sexualidade, tem início no desenvolvimento infantil. Este conhecimento permite que o aprendiz perceba atitudes suspeitas, além disso, torna-o mais próxima dos pais facilitando a comunicação, porém, quando o oposto ocorre, a mudança comportamental observada pelos pais e professores é o único indicativo que pode ajuda-lo.
          A orientação continua sendo importante quanto a utilização da rede sociais pelos adolescentes, a qual, facilita a atuação dos pedófilos sendo este o principal meio intermediador entre a vítima e o agressor. Outro fato que precisa de instrução é a publicação de nude selfie, pois esta foto vai circular por toda a rede por tempo ilimitado e sem restrição de acesso. Sendo assim, a conscientização dos adolescentes quanto ao uso consciente dos meios de comunicação é válida.
           Torna-se fundamental o acolhimento destas crianças por profissionais especializados. Uma equipe multidisciplinar experiente permite o rompimento do pacto de silencio estabelecido pelo padecedor. Cabendo a estes um acolhimento sem julgamento prévio.
          Portanto, para dar voz as vítimas de abuso infantil tem-se o disque denúncia que possibilita a ação da sociedade. Bem como a formação de um departamento de policia direcionado a estes casos, com profissionais especializados. Outra medida, é a atualização das leis, acrescentando mecanismo que punam com severidade estes criminosos.