O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    João é um menino normal de 9 anos como qualquer outro,que vai à escola,estuda e se diverte com os amigos.No entanto,em certo período de sua vida,João começou a manifestar comportamento estranho,se tornara mais apático e não sentia mais vontade de realizar sua rotina.Seus pais ao perceberem que o filho agia de forma estranha,decidiram investigar e descobriram que o professor particular de João o assediava.Essa história não é real,todavia,converge com inúmeros casos de pedofilia no Brasil que apresentam um repertório negativo quanto à eficiência do combate.Sob tal ótica,faz-se necessário debater sobre os fatores que contribuem à continuidade da pedofilia e as formas de combate dessa problemática na atual conjuntura.
       Em primeiro lugar,é importante constatar que ao contrário da história do João,inúmeros casos  de pedofilia não chegam ao conhecimento dos responsáveis ou das autoridades legais.Em virtude disso,muitas crianças crescem com transtornos psicológicos ou adquirem comportamentos que divergem do usual.Tal persistência dos casos de pedofilia ocorre,sobretudo,devido a falta de sincronia entre os pais e as instituições educacionais que não proporcionam um acompanhamento conjunto à criança a qual  acaba por ficar vulnerável aos assédios ou abusos de adultos.
          Além disso,cabe ressaltar que grande parte dos episódios de abuso sexual infantil advém das redes sociais,uma vez que os pais não possuem total controle das ações da criança no meio digital.Dessa forma,o jovem muitas vezes interage com um perfil falso e marca um encontro com o abusador sem que os pais tomem conhecimento e,por conta disso,a ocasião não se limita apenas ao abuso sexual,mas também culmina em uma fatalidade.Para piorar,esses casos demonstram um crescimento em razão da fraca fiscalização de órgãos investigativos como a polícia federal nas redes sociais,aliado também a ausência de leis mais rígidas que resulta na impunidade e na persistência dos crimes.
          Torna-se evidente,portanto,que a pedofilia no Brasil é uma questão complexa a qual engloba diversos fatores que contribuem com seu aumento e continuidade.Sob tal perspectiva,cabe as instituições educacionais conferirem aos alunos um apoio psicológico que busque também uma maior consonância com os pais,para que assim um entrosamento maior na relação dos responsáveis e a escola tenha um papel essencial na prevenção de abusos ao jovem.Somado a isso,é indispensável que o departamento da polícia federal responsável pelos crimes cibernéticos execute uma maior fiscalização nas redes sociais e crie um portal de denúncias de perfis falso,objetivando uma maior eficiência na resolução do crime e na punição do infrator.Ademais,cabe ao congresso a adoção de leis mais severas no que diz respeito a pedofilia,a fim de evitar que histórias iguais a do João se realizem.