Envie sua redação para correção
    O filme "Wall-E" apresenta um futuro ficcional, no qual o planeta está completamente tomado de lixo, impossibilitando, assim, a sobrevivência humana. Hodiernamente, percebe-se que tal animação não apresenta uma realidade futurística impossível, visto que a quantidade de lixo produzida aumenta em progressão geométrica, sendo, portanto, insustentável, essa realidade. Nota-se que o Brasil produz cerca de 64 milhões de toneladas de lixo, diariamente, tal fato é prejudicial ao âmbito ambiental do país e necessita, assim, ser mitigado.
       Nesse contexto, é válido destacar que o país vive um sistema Capitalista cujo principal objetivo é obter lucro a partir dos meios de produção. Dessa maneira, as empresas baseiam-se na obsolescência programada, criada na década de 1920 pelo presidente da General Motors, produzindo, então, bens pouco duráveis. Por conseguinte, o brasileiro compra cada vez mais e elimina o lixo na mesma proporção. Prova disso está presente no relatório Global E-Waste Monitor, no qual, em 2017, o Brasil foi o segundo maior produtor de lixo eletrônico do continente americano.
       Ademais, o Brasil negligencia a coleta seletiva do lixo descartando-os indiscriminadamente. Desse modo, produtos com caráter reciclável são descartados inadequadamente e demoram décadas para se decompor. Além disso, destaca-se que a política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), estabeleceu o fim dos lixões, entretanto 60% dos municípios brasileiros ainda os utilizam, algo prejudicial ao meio ambiente, já que os resíduos são depositados a céu aberto sem tratamento e liberam gás metano, contribuinte do efeito estufa, e chorume, altamente poluente.
       Destarte, é necessário que o governo invista na coleta seletiva, por meio de parcerias com ONG's ambientais, como por exemplo a CEMPRE (Compromisso Empresarial para Reciclagem), e coloque empresas de reciclagem específicas para realizar o recolhimento de materiais reutilizáveis. Será possível, dessa forma, se afastar da realidade proposta no filme "Wall-E" e construir uma sociedade mais sustentável no Brasil.