O lixo e a sociedade de consumo no Brasil

Envie sua redação para correção
    Segundo Pierre Bourdieu, em sua obra ``Habitus´´, toda sociedade incorpora os padrões sociais impostos e os reproduzem ao longo das gerações. Nesse sentido, percebe-se que, no Brasil, criou-se o hábito não só do consumo exacerbado como também, a má destinação dada ao lixo, principalmente, o urbano. Logo, esse costume é reflexo de um fenômeno mundial: a Industria Cultural que está atrelado ao aumento da produção do lixo. Com efeito, medidas serão necessárias para a resolução do impasse.
      Em primeiro lugar, é preciso considerar a cultura de massa vivenciada em nossa sociedade. De acordo com o filósofo Adorno, a Industria cultural em união com a mídia, impõem padrões a serem seguidos pelas massas em que valoriza-se os gostos individuais, com o propósito de gerar lucro e criar esteriótipos em quem não seguem tais padrões. De forma que o consumismo torna-se um hábito aparentemente inofensivo e comum. Nesse sentido, acaba por impulsionar o consumo tanto daqueles que os praticam e também das pessoas que não possui esse costume.
     Em segundo lugar, é indubitável o poder de destruição que o consumo pode gerar quando se leva em consideração a questão do lixo. Conforme apuramento do portal G1, o Brasil é o quarto país que mais produz lixo no mundo e recicla apenas 1% desse montante. Dessa maneira a sociedade agride o meio ambiente e contribui  para o aquecimento global, visto que a decomposição anaeróbica do lixo libera gás metano para a atmosfera.
     Portanto, é fundamental combater tanto o consumismo como a má destinação do lixo. É dever do Ministério da educação promover palestras ministradas por psicólogos e criação de feiras de ciências, com a presença dos familiares, dentro das escolas para deliberar sobre a cultura de massa e despertar o senso crítico nas crianças e adolescentes, com o fito de evitar a disseminação dessa cultura impositiva. Ademais, o governo deve investir na coleta de lixo, saneamento básico e reciclagem, por meio de impostos arrecadados na Receita Federal, com intuito de salvar o meio ambiente e garantir recursos para as futuras gerações do nosso país.