Enviada em: 24/07/2019

Mahatma Ghandi apontou que precisamos nos tornar a mudança que queremos ver. Baseado nisso, as startups fazem parte das modificações que o mundo anseia: melhoria da mobilidade urbana, do ar e saúde dos indivíduos. Sob essa ótica, manifesta-se a necessidade de ampliação dos benefícios das startups para um público maior.   Em primeiro plano, de acordo a Organização Mundial de Saúde, cada vez mais pessoas morrem por problemas recorrentes à poluição do ar. Grande parte da sujeira atmosférica é proveniente da fumaça expelida pelos automóveis e os veículos que não expelem fumaça é uma ótima alternativa.  Ademais, com o uso excessivo de carros os indivíduos se tornaram mais sedentários, principalmente nos grandes centros, o que acarreta sérios problemas para a saúde das pessoas. Entretanto, com a substituição desses automóveis por startups, a média de exercícios físicos por indivíduos eleva, o que é muito benéfico.   Além disso, principalmente em grandes centros há grandes problemas quanto à mobilidade urbana, que poderiam ser amenizados com o uso de bicicletas, patinetes e skates, por exemplo. Assim, com o uso desses veículos alternativos, haveria uma notável diminuição na poluição sonora e de sobrecarregamento do espaço, a título de exemplo.   Logo, diante a essa realidade, é visível a relevância de medidas públicas a fim de atenuar a problemática. A princípio, é essencial que haja interferência do governo por meio dos Ministérios de Infraestrutura e Ciência e Tecnologia com campanhas, palestras e peças para uso das startups, e melhoria de grandes áreas das vidas dos indivíduos, em especial a mobilidade urbana....