Envie sua redação para correção
    Durante a segunda guerra mundial, o agrotóxico era utilizado como arma química e com o fim da grande guerra passou a ser utilizado nas práticas agrícolas, favorecendo assim o aumento das agroindústrias. Com o surgimento da Revolução Verde, na qual  tinha o objetivo de diminuir a fome no mundo como medida antissocialista durante a Guerra Fria, ocorreu a grande revolução tecnológica no que se refere a agricultura aumentando ainda mais o uso de agrotóxicos visando a produção. Hoje, o uso do agrotóxico afeta não somente a saúde humana diretamente e indiretamente, como também todo o ecossistema.
          É de conhecimento geral que, os agrotóxicos advém de uma política focada na produção e no lucro. Nesse contexto, a agricultura necessita de trabalhadores para aplicar o produto, esses são trabalhadores de origem humilde e que sofrem as consequências diretas na saúde ao estar sempre em contato com os compostos tóxicos. As consequências na saúde, estão sempre ligadas à intoxicação, sendo que de acordo como o Ministério da Saúde, a cada 65 minutos ocorre uma intoxicação por agrotóxicos. Tal fato, refaz o pensamento do sociólogo Karl Marx, no qual o lucro está acima dos valores humanos.
          Outrossim, é necessário destacar que o uso dos compostos além de afetar a saúde humana, também afeta o ecossistema. Como a aceleração da eutrofização, que nada mais é do que o crescimento exagerado das plantas nos rios, ocasionado pelo excesso de fosfatos e nitratos, elementos esses que estão nos agrotóxicos, e que diminui o oxigênio da água como também asfixia os animais que ali vivem.
          Portanto, são necessárias mudanças pra intervir no problema. Faz-se necessário que a camada dominante de cultura, pressione o Congresso Nacional para a criação de uma lei, na qual será aplicado uma multa nas empresas produtoras de agrotóxicos que afetam a saúde humana e o meio ambiente, além disso é necessário que essas assumam com os gastos necessários para a recuperação do meio ambiente degradado.