Envie sua redação para correção
    Desde o final da segunda guerra mundial, empresas responsáveis pela fabricação de armas começaram a incentivar o uso de agrotóxicos como herbicidas, inseticidas e fertilizantes químicos. Atualmente, a escolha por esses defensivos agrícolas configura-se um problema para quem se utiliza desse método, uma vez que insetos mais resistentes e a poluição do subsolo dos mananciais são causas dessa problemática. Assim, faz-se necessário promover discussões sobre a temática que objetivem uma solução.
          Em primeira análise, a utilização de produtos químicos em lavouras contribui para o desenvolvimento de espécies de insetos mais fortes. Segundo o biólogo Charles Darwin, na sua teoria da seleção natural, diz que os seres vivos com características positivas para o ambiente, são selecionados por ele, de forma que transmitem seus genes para gerações posteriores, surgindo dessa forma linhagens mais robustas. Nesse sentido, a utilização de veneno nas lavouras deve ser analisada, como forma de se evitar maiores impactos ambientais com relação as pragas agrícolas.
          Além disso, os pesticidas, utilizados muitas vezes de maneira incorreta, infiltram-se no solo e causam contaminação dos lençóis freáticos. As chuvas que ocorrem nos ambientes com agrotóxicos no solo, promovem o fenômeno da lixiviação, ou seja, escorrimento dos sedimentos presentes no local e a consequente penetração dos materiais dissolvidos na água da chuva nos aquíferos. Esses reservatórios são responsáveis por abastecer diversas comunidades, de maneira que a ingestão dessa água contaminada pode haver a ocorrência de intoxicações.
          Pode-se inferir, portanto, que o uso inadequado de venenos agrícolas acarretam consequências danosas a sociedade e ao meio ambiente. Logo, torna-se imperativo que o Ministério da Saúde promova Workshops com biólogos, médicos e biomédicos, os quais precisam apresentar aos produtores rurais, bem como a população as consequências do mal uso dos agrotóxicos. Pois, somente assim se construirá um mundo sustentável