O uso de agrotóxicos no Brasil e no mundo

Envie sua redação para correção
    À luz de uma das vertentes do positivismo, o organicismo biológico -inspirado nas teorias de Charles Darwin- , considera que o que é válido para os organismos, é aplicado aos grupos sociais. Logo, nota-se que a persistência de um problema como o uso de agrotóxicos em escala global, afeta a qualidade de vida de toda sociedade, fazendo com que um de seus "órgãos" encontre-se enfermo, não contribuindo para o equilíbrio necessário. Nesse contexto, a  precária fiscalização por parte dos órgãos governamentais e a falta de noção acerca do real grau da situação, evidenciam a problemática.
          É inquestionável que a questão constitucional está intrínseca as causas do problema. Visto que a precária fiscalização em relação aos agrotóxicos, torna-se cada vez mais presente na sociedade atual , em virtude da omissão dos fatos, por parte do Estado, o que leva ao distanciamento de uma possível solução para o problema. Trazendo para uma outra perspectiva, ressalta-se que desde o Iluminismo a sociedade só progride quando um se mobiliza com o problema do outro, no entanto quando se observa esse ideal aplicado a persistência do uso de agrotóxicos, como ferramenta de fácil acesso para diminuição ou total controle de pragas, percebe-se que tal ideal encontra-se apenas no papel e não como desejável na prática, haja vista que o ponto em questão cresce e persiste vinculado a realidade atual.
          Ademais, destaca-se a falta de noção acerca do real grau da situação, por parte de uma grande parcela da sociedade , como impulsionador do problema. Visto que os mesmos  permanecerão leigos enquanto persistir a falta de informações acessíveis, que evidenciem de forma clara e precisa os perigos acerca do uso de agrotóxicos, seja pela intoxicação em lavouras ou até mesmo por via alimentar. Logo, chega-se a conclusão que não se deve deixar a população tão vulnerável a suscetíveis problemas, que não deveriam existir, caso a agricultura orgânica fosse priorizada, de modo a atender todas as demandas necessárias para a subsistência .
          Diante dos fatos expostos, medidas devem ser tomadas a fim de solucionar os impasses. Para tanto, o Estado junto ao Ministério da Educação, deverá investir em projetos de nível superior, que visem a formação de jovens que contribuam para a difusão das ideias e informações acerca dos perigos dos agrotóxicos , tornando assim, o seu acesso mais fácil e preciso, com ênfase no incentivo da agricultura orgânica . Além disso, o Ministério da Justiça deverá traçar diretrizes que visem uma maior fiscalização, por meio de mais ações afirmativas e medidas que viabilizem uma nítida redução de seu uso. Dessa forma, maximizar-se-ão os benefícios e minimizar-se-ão os malefícios .