Envie sua redação para correção
    Há luz no fim do túnel
      O Iluminismo, movimento revolucionário do século XVIII, estabelecia a soberania do bem estar social face ao desenvolvimento econômico vigente. Entretanto, frente ao cenário de políticas atuais que visam sobretudo ao lucro, como a crescente adoção de agrotóxicos na construção alimentar, torna-se incerta as premissas propostas no século das luzes. Urge necessário, portanto, a intervenção de órgãos fiscalizadores no âmbito.
       Em primeiro plano, cabe ressaltar que a prática de insumos tóxicos em alimentos divide ideologias em extremos. De um lado, é persistente a ideia de que as medidas fortalecem a produção e criam maior flexibilidade enquanto ao consumo; De outro, assegurados pelos alertas prejudiciais propostos pela Organização Mundial da Saúde, como o desenvolvimento de doenças metabólicas, há uma vertente contrária ao uso das substâncias. Todavia, o fato é que a política dos defensivos agrícolas transforma toda uma sociedade de forma indireta e muita das vezes invisível.
        Outrossim, é consistente constatar que além de problemas no organismo dos consumidores, a cultura do uso de agrotóxicos altera o cenário de produção encontrado antes do uso. Prova disso, é o alto índice de êxodo rural visto atualmente, decorrido de políticas em prol do uso dos pesticidas, criando uma indubitável desigualdade entre produção no campo, desfavorecendo a agricultura orgânica. Tais fatos supracitados podem ser explicados pela teoria da ''Modernidade Líquida'' do sociólogo polonês Zygmunt Bauman, que expõe a tamanha ambição humana nos tempos atuais.
        Em síntese, consta-se precisa a adoção de medidas que visam atenuar a participação dos agrotóxicos na dieta da sociedade a fim de evitar conflitos sociais e a intoxicação alimentar. Assim, o Governo Federal deve criar medidas que atenuem a produção de não-orgânicos, por meio do incentivo à agricultura familiar. Além disso, cabe as grandes empresas de mercado ampliar a conscientização da participação de agrotóxicos nos produtos através de uma maior visibilidade nos rótulos. Logo, tornaria-se mais evidente a diminuição de doenças metabólicas, diminuiria o conflito no campo e daria êxito a uma vertente iluminista.