O uso de agrotóxicos no Brasil e no mundo

Envie sua redação para correção
    Segundo a teoria malthusiana, a população cresce em uma proporção geométrica, por outro lado a produção de alimentos cresce em uma proporção aritmética, em virtude disso, chegará um momento em que a produção de alimentos não será suficiente para alimentar todos os indivíduos. O uso de agrotóxicos no Brasil e no mundo, tem como objetivo aumentar a produção de alimentos, uma vez que, combate pragas e doenças que são nocivas para os produtos agropecuários. Entretanto, o uso desses agentes químicos, geram problemas a saúde e a biodiversidade.
          Primeiramente, segundo a constituição federal, a saúde é direito de todos e dever do estado. Consoante Aristóteles no livro "ética a nicômaco", a política serve para garantir a felicidade dos cidadãos, porém esse conceito encontra-se deturpado no Brasil, visto que, segundo o Programa de Vigilância da Saúde das Populações Expostas a Agrotóxicos, da Universidade de Campinas (Unicamp), 1,5 milhão de trabalhadores rurais estão intoxicados no campo. Portanto, o direito do povo não está sendo cumprido integralmente.
          Outrossim,  segundo Paul Watson, cofundador e diretor da fundação Greenpeace, a inteligência é a habilidade das espécies para viver em harmonia com o meio ambiente. Segundo matéria publicada pelo site uol, a utilização de agrotóxicos contamina o ar, a água e o solo do local de aplicação. Nesse aspecto, essa contaminação tende a alterar o habitat de inúmeras espécies que vivem naquela região, com isso, algumas espécies podem levar vantagem sobre outras por causa das alterações no ambiente, consequentemente, um desequilíbrio ambiental é formado, afetando assim, a biodiversidade e gerando uma desarmonia, mostrando a falta de inteligência do homem.
          Portanto, indubitavelmente, medidas são necessárias para resolver esses problemas. Com isso, o governo deve junto com o ministério da saúde oferecer aos trabalhadores rurais que ficam expostos aos agrotóxicos, palestras, com o intuito de mostrar os primeiros socorros e os malefícios da exposição aos agentes químicos, e equipamentos, para que a exposição diminua e consequentemente a intoxicação. Para sanar o problema da biodiversidade o governo juntamente com o ministério da educação, as universidades, a CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), devem incentivar, deslocar mais recursos e oferecer prêmios a pesquisas por defensivos agrícolas que não alteram e nem agridam tanto o meio ambiente, desse modo, a população conseguirá viver com harmonia com o meio ambiente e estenderá ainda mais o problema dos alimentos exposto por malthus.