O uso de agrotóxicos no Brasil e no mundo

Envie sua redação para correção
    No Brasil , a Revolução Verde foi marcada pelas tecnologias agrárias e consequentemente a implantação dos agrotóxicos. De modo hodierno, o incentivo da mídia e do mercado exportador faz com que persista o uso de pesticidas no cenário brasileiro e mundial.Nesse viés, cabe analisar que esta questão refere-se a fragilidade das políticas públicas assim como o agrotóxico é prejudicial para saúde dos indivíduos.
          Em primeira análise , é importante destacar que a fragilidade da vigilância da saúde dos operários agrícolas estão colocando em risco a saúde do trabalhador.Dessa forma, de acordo com os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS),estima-se que apenas 2% dos casos de intoxicação ocasionados pelo impacto dos agrotóxicos são divulgados pela mídia.Nesse sentido ,é alarmante para os trabalhadores rurais na qual têm o contato direto com os venenos e a maioria dos casos os indivíduos  adquirem doenças respiratórias e chegam á óbito.
        Ademais, o setor agrícola configura o maior consumo mundial e para alcançar a produção rápida dos alimentos é utilizado o uso excessivo de produtos tóxicos na qual  o capital é mais importante do que a saúde da população.Diante disso,a má fiscalização dos órgãos responsáveis pelas medidas dos agrotóxicos fazem com que os alimentos fiquem contaminados.Assim , as consequências são enfermidades graves para sociedade e para o  meio ambiente.
           Portanto , é indubitável que o Ministério da Agricultura fiscalize os campos rurais com o intuito de minimizar o uso excessivo de nocivos na plantação visando garantir os cuidados com os trabalhadores e comunidades locais. Além disso , é interessante a Mídia em parceria com o Ministério da Cultura investir em folhetos educativos sobre os riscos do uso do agrotóxico na alimentação e na natureza com o objetivo de informar a sociedade de como é prejudicial para os cidadãos.Sendo assim , pode-se diminuir o uso de tóxicos no Brasil e no mundo.