Envie sua redação para correção
    O uso de agrotóxicos em escala nacional e mundial, estão em constante crescimento. Afetando assim, a população consumidora com riscos a saúde e ao ambiente.
      O Brasil que atualmente possui 1/5 do uso de agrotóxicos mundial, afeta todas as formas de agricultura. A agricultura familiar (principal abastecedora do mercado interno) por exemplo, deveria possuir baixos índices do uso desses venenos, devido a grande demanda de consumidores. Sendo a forma de agricultura mais básica, promove-se a tendência de um crescimento ao uso de inseticidas em grandes escalas.
      Além disso, o elevado uso de agrotóxicos intensifica os ricos à saúde e a poluição dos solos. A intoxicação alimentar, enfrentada por grande parte da população, provém muitas vezes de venenos presentes em alimentos. A acidificação dos solos (consequência do uso de agrotóxicos) como exemplo, promove a destruição dos nutrientes naturais do solo. Assim o elevado uso de "remédios" no campo, agrega problemas sociais e ambientais.
      Portanto, leis de regulamentação e limites do uso de agrotóxicos devem ser fiscalizadas. Assim instruindo as principais camadas consumidoras à comprar alimentos orgânicos (sem agrotóxicos). Sendo constante os hábitos higiênicos em alimentos consumidos, como a boa lavagem de frutas de verduras. O que gera a diminuição dos riscos à saúde, aumentando a qualidade de vida e protegendo o ambiente e solos de possíveis destruições.