Envie sua redação para correção
    Os agrotóxicos são produtos utilizados para defender a plantação contra à ação de pragas. Assim, proporcionam que a produtividade de alimentos seja alta. Desse modo, os países agroexportadores, como o Brasil, possuem flexibilidade quanto ao uso de defensivos. Contudo, a permissão é nociva, porque os defensivos apresentam riscos à natureza e à saúde humana.
         É notório que a alta produção de mercadorias agrícolas é vantajosa para aqueles que as exportam, visto que vão obter lucro. Tendo em vista tal importância da agricultura na economia, em alguns países, há uma significativa tolerância para o uso de agrotóxicos. No Brasil, por exemplo, para o cultivo da soja, que é um dos principais produtos de exportação, é contabilizado o maior índice do uso de defensivos.
       Entretanto, apesar da contribuição econômica, os agrotóxicos são extremamente prejudiciais à natureza e ao ser humano. Esses produtos ao serem utilizados em excesso podem atingir cursos  d´água, desse modo, poluem tais ambientes e matam os seres que nele habitam. Além disso, quando consumidos pelas pessoas, os alimentos que contém pesticidas causam intoxicação e até mesmo a morte.
        Diante do exposto, o poder legislativo dos países agroexportadores deve estabelecer uma taxa máxima em relação ao uso de agrotóxicos, a fim de proporcionar ao mesmo tempo desenvolvimento econômico e sustentável. Para isso, é preciso que a taxa seja determinada de acordo com a necessidade de cada alimento, que existam fiscalizações periódicas nas áreas de plantio e por fim que sejam aplicadas multas em caso de descumprimento.