O uso de agrotóxicos no Brasil e no mundo

Envie sua redação para correção
    Na década de 60, iniciou-se a "Revolução Verde" que foi um movimento de modernização da agricultura para a produtividade e foi criado as sementes modificadas e os agrotóxicos. Os agrotóxicos são usados para combater pragas e doenças nocivas à produção agropecuária. O problema é que vem atingindo o meio ambiente, à saúde dos trabalhadores rurais e dos consumidores.
          A Revolução Verde permitiu o aumento da produtividade dos alimentos gerando a expansão dos produtos brasileiros para fora do país, no entanto, houve um agravamento na saúde dos consumidores o que gerou doenças como câncer, doenças nos rins, danos ao fígado, podendo até causar a morte, entre outros. Mesmo a população lavando o alimento não são totalmente removidos, uma vez que alguns destas substâncias penetram  nos tecidos vegetais.
          Os trabalhadores rurais  vem sofrendo com o manuseio dos agrotóxicos nas plantões, em razão de muitos deles não usarem uma proteção adequada ou não terem um treinamento apropriado. Causando prejuízo à saúde.
          No meio ambiente, contaminam o solo, a água e o lençol freático. Com a utilização destes produtos químicos, o solo vai perdendo a sua fertilidade e como consequência, o solo fica mais pobre em nutrientes e aumenta a necessidade de agrotóxicos e adubos químicos.
          É necessário um controle na diminuição no uso de agrotóxicos das plantações. Os trabalhadores deverá ter capacitação da aplicação dos produtos químicos e roupas apropriadas para o manuseio, sendo o investimento do Ministério da Agricultura em parceria com o Governo Federal. Deve-se ter o investimento da agricultura orgânica através de uma verba vinda do Governo Federal com o objetivo de que a lavoura seja produzida de maneira saudável. Sendo assim, haverá a diminuição no impacto ambiental, na saúde da população e do trabalhador.