O uso de agrotóxicos no Brasil e no mundo

Envie sua redação para correção
    Com o advento da Revolução Verde, em 1960, movimento que buscava a modernização agrícola, a utilização de produtos químicos passou a ganhar espaço entre os agricultores do mundo. Hodiernamente, o Brasil é um dos países que mais aderem a técnica de usar agrotóxicos nas plantações, tendo como  finalidade de aumentar a produção. Sob esse aspecto, convém analisarmos os impactos que essa atividade promove em nossa sociedade. 
     Inicialmente, é válido apontar o aparecimento de doenças crônicas tais como o câncer e os problemas respiratórios  sendo umas das consequências do uso exagerado de agrotóxicos na produção de alimentos. De acordo com o INCA, 70% dos produtos naturais ingeridos pelos brasileiros são contaminados por substâncias químicas nocivas, o que afeta principalmente os trabalhadores responsáveis pela plantação devido ao contado direto com esses tóxicos e, indiretamente as pessoas que consomes essas verduras e legumes infectados. É lamentável ter a ideia de que o consumo de frutas, antes visto como sinônimo de alimentação saudável, tenha se tornado algo tão prejudicial à saúde do ser humano. 
     Ademais, outro setor muito afetado pelo emprego intenso de pesticidas é o meio ambiente, tendo em vista o alto índice de substâncias nocivas liberadas no ecossistema . Há de se considerar que o hábito de aplicar esses produtos para destruir ervas daninhas, fungos e insetos presentes nas plantações torna o solo dependente de adubos químicos, devido ao seu empobrecimento e a sua baixa fertilidade.Infelizmente, essas atividades que visam aumentar a produtividade e diminuir a perda de produtos ocasiona grandes danos ao ambiente, em razão do uso incorreto de tal prática. 
     Desse modo, a fim de amenizar os impactos gerados por esse método de modernização agrícola , o Governo deve promover políticas de incentivo a produção de alimentos sem agrotóxicos, por meio de investimento de capital em setores da agroecologia, com a criação de leis que proíbam o uso de elementos tóxicos nas plantações, através de fiscalizações em áreas de agricultura. Espera-se,com isso, expandir o consumo de alimentos saudáveis, sem contaminações e garantir a saúde dos brasileiros.