O uso de agrotóxicos no Brasil e no mundo

Envie sua redação para correção
    A utilização de agrotóxicos tomou grande proporção após a Segunda Guerra Mundial no continente europeu e americano , ficando conhecido como ''defensivos agrícolas'' . Com isso , até hoje o Brasil utiliza esse método para conservar  e evitar a proliferação de pragas e insetos nos alimentos . 
        Em primeiro lugar , segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) , o Brasil é o primeiro país que mais faz uso de agrotóxicos no mundo. Outrossim , vale lembrar que em vários países da Europa e nos EUA , a utilização desses pesticidas já são proibidos conforme a legislação , porque isso afeta , principalmente , o solo e a água através dos lençóis freáticos , assim , prejudicando a biodiversidade . Além do mais , algumas pessoas optam por comprar em mercados que trabalham somente com alimentos orgânicos , todavia , o valor dos produtos se tornam um obstáculo para aqueles que não possuem condições financeiras . 
        Ademais , de acordo com o Ministério da Saúde , o brasileiro ingere , em média , 7 litros desses compostos químicos por ano , tendo em vista que não são encontrados apenas em frutas e vegetais , mas também em carnes , queijos e até mesmo no leite materno . Por consequência , prejudica  - sobretudo a saúde humana , que pode acarretar no desenvolvimento de doenças e enfermidades , como câncer , infertilidade , aborto , dentre outros .
       Conforme Confúcio , não solucionar o problema é o mesmo que cometer novos erros . Logo , é necessário que o Ministério da Agricultura coloque em prática o estudo da agroecologia para agricultores e proprietários , como um meio mais sustentável e saudável para a população . Além disso, é fundamental que a população não alimente o mercado de preços encarecidos e passe a comprar direto com pequenos produtores , pois além de um melhor custo benefício , garante boa qualidade no produto . Portanto , tais medidas supracitadas melhorará a perspectiva de vida da sociedade e não irá degradar o meio ambiente.