Envie sua redação para correção
    Pesquisas e experiências com animais
       Atualmente o tema que trata sobre o uso de animais em pesquisas e testes científicos vem sendo constantemente debatido no Brasil. Isso mostra que apesar de existir o aspecto negativo sobre o assunto que são as dores impostas aos animais, esses experimentos são necessários. Tais atos devem ser realizados, pois por meio deles é possível melhorar a condição de vida dos animais e a do próprio ser humano.
       Nessa perspectiva, observa-se que através dos aprofundamentos científicos realizados é possível melhorar a vida dos animais, criando melhores rações, vacinas e medicamentos veterinários. Isso pode ser explicitado por Pedro Carvalho dos Santos, estudante de veterinária da Universidade de São Paulo (USP), que afirma "Depois que passei a executar testes em animais os problemas de doenças  que matavam de 5 a 10 mil espécies por ano reduziu para 300 mortes anuais, pois os experimentos permitiram o desenvolvimento de vacinas para a prevenção dessas doenças. Isso mostra que pesquisas em espécies são fundamentais para proteger os demais seres vivos inclusive o ser humano.
       Diante disso, pode-se ver que as experiências realizadas buscam, na maioria das vezes, testar vacinas para curar doenças humanas, evitando a exposição de cobaias humanas a substâncias possivelmente tóxicas e reduzindo o número de morte, melhorando assim a própria condição de vida das pessoas e encontrando a cura para enfermidades. Tais fatos são visualizados no relatório do Instituto Brasileiro de Veterinária (IBVet) que diz que os testes com animais possibilitaram o desenvolvimento de mais de 1250 vacinas que evitaram mais de 2,5 milhões de mortes. Isso evidencia a necessidade de realizar esses testes, pois dessa forma melhora-se a condição de vida e o desenvolvimento da sociedade avança consequentemente.
       Portanto, o Governo, por meio do IBVet, deve destinar mais verba para esse setor de testes em animais, deve realizar isso arrecadando fundos com campanhas e priorizando essa área ao invés da demais. Isso poderia ser realizado em parceria com grandes centros de pesquisa particulares para ajudarem a financiar a ideia e em parceria com renomados economistas para determinar o quanto pode ser destinado a esse feito. Tais atos devem ser realizados a fim de melhorar os experimentos feitos em animais e desenvolver mais vacinas para curar mais enfermidades e evitar milhões de mortes como afirmam IBVet e o estudante Pedro Carvalho dos Santos anteriormente.