Enviada em: 07/08/2017

A poluição sonora é um dos maiores problemas ambientais nos grandes centros urbanos. Ela ocorre quando o som altera a condição normal de audição em um determinado ambiente. Embora não se acumule no meio ambiente como outros tipos de poluição, ela causa vários danos ao corpo e à qualidade de vida das pessoas e, por isso, é considerada um problema de saúde pública e mundial.              De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o ouvido humano tem limite de 65 decibéis e após este valor o organismo sofre estresse. Ruídos acima de 85 dB aumentam o risco de comprometimento auditivo,podendo causar a sua perda.             Com o intuito de conscientizar a população, o Governo Federal lançou o "Dia Internacional da Conscientização  sobre o Ruído'' e a "Lei do Silêncio" no qual o ruído não pode ser maior do que 70 db durante o dia e 50 db entre as dez da noite e as sete da manhã, podendo variar de uma cidade para a outra e inspecionada pela polícia militar.               Por fim, algumas medidas podem ser tomadas no intuito de diminuir ou inibir as consequências da poluição sonora em relação a saúde, como evitando áreas barulhentas, buzinar somente quando for necessário, uso de tampões de ouvido apropriado nas indústrias e construções, não escutar músicas em volume alto, assim como conduzir veículos com as janelas fechadas e não acelerar automóveis sem estar em movimento. Dessa forma, conseguiremos diminuir o número da poluição sonora e assim levar uma vida menos estressante....