Enviada em: 01/08/2019

Durante o Regime Militar houve o Projeto de Desenvolvimento Nacional, o qual promoveu o avanço econômico por intermédio da exploração demasiada da Amazônia, intensificando a degradação do meio natural. Sob esse viés,na atual conjuntura,a floresta tropical encontra-se em uma situação alarmante,devido a expansão da agricultura e ação madeireira, acarretando danos irreparáveis em escala mundial. Dessa forma,por englobar diversas porções territoriais, além de ter importância a outras nações, a proteção da fauna e da flora deve ser realizada em conjunto com todos os países, promovendo um trabalho mais rápido e eficaz perante o cenário de destruição.  Mormente, aos longos dos anos, a Amazônia foi alvo da exploração excessiva, não somente do Brasil, mas também das demais nações, em razão da alta biodiversidade existente. Consequentemente, os resultados dos séculos de degradação são evidenciados no atual contexto, conforme dados do Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite, entre 2017 e 2018 houve o aumento de 13,7% de devastação, equivalente a cinco vezes a área da cidade de São Paulo, destacando a necessidade de tomar medidas para evitar esse avanço. Sendo assim, a situação alarmante que se encontra a floresta causa preocupação em escala global, pois ocasiona efeitos, os quais afetam o funcionamento da biosfera.   Ademais, as ações constantes de madeireiros juntamente com a expansão da fronteira agrícola intensificaram o desgaste da Amazônia, uma vez que a retirada da floresta é maior que o processo de reflorestamento. Desse modo, o filósofo Aristóteles ao afirmar que os homens são miseráveis, porque não sabem ver, nem entender os bens que estão ao seu alcance, descreveu com exatidão o cenário vigente, o qual as nações não estão se importando na proteção da biodiversidade da floresta, apenas nos recursos, que gradativamente estão se esgotando, revelando a gravidade e a necessidade de preservação. Nesse viés, é necessário a participação em conjunto dos países para conseguir um resultado rápido e eficaz.   Dessarte, a proteção da Amazônia é o dever em conjunto das nações, pois tem participação na biosfera mundial. Diante disso, a ONU deve promover uma reunião com os país, a qual seja debatida o estado alarmante da floresta, por meio da apresentação de danos, fotos, monitoramento por satélite, deixando evidente a importância de montar um projeto de proteção juntamente com de reflorestamento, com a finalidade de evitar a extinção e consequências para o cenário mundial. Outrossim, fiscalizar e aplicar multas para os madeireiros ilegais, além de garantir a prática de silvicultura. Por fim, essas medidas têm o objetivo de assegurar o desenvolvimento da fauna e flora....