Proteção da Floresta Amazônica: dever do Brasil ou do mundo inteiro.

Envie sua redação para correção
    O Brasil tem por obrigação proteger a floresta amazônica por ter 60% de ocupação no território brasileiro. De acordo com o site UOL, a floresta tropical abrange os Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins, sendo a maior mata tropical do planeta terra.
       Dessa forma, a floresta tem um papel fundamental na produção de chuvas no sudeste brasileiro. De acordo com o ministério do meio ambiente, existe um processo chamado de ciclo hidrológico, que é a evaporação da água na atmosfera: formam nuvens e retornam a superfície. Porém, outro fator existente nesse ciclo é a evapotranspiração, um evento feito pelas plantas que liberam para a atmosfera parte das águas absorvidas por elas. Assim, 90% da água que chega até a atmosfera é através desse acontecimento, sendo, que só 10% da evaporação direta é através de águas superficiais, como rios, lagos etc.
       Esse fato explica a importância de o Brasil proteger a floresta amazônica, pois é um país que vive da agricultura que precisam dos rios que enchem com a água das nuvens.
        Segundo o site Brasil, mais de 2.000 hectares de áreas degradadas da rica Floresta Amazônica, o equivalente a mais de 2 mil campos de futebol, está em recuperação no sudeste do Estado do Pará, uma parceria da empresa Vale do Rio Doce e o Instituto Chico Mendes. Uma ação reparadora, que reforça o dever do Brasil com a floresta tropical.
       Portanto, um projeto viável é a criação de uma agricultura familiar que organiza famílias em terras que não fazem parte da floresta, dando alternativas de trabalho para a vivencia em sociedade das pessoas que ali residem. Assim, uma cultura sustentável que desenvolve uma atividade econômica para os mais pobres que necessitam da terra para viver. Por isso, os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins, além desenvolver esse projeto, devem criar leis contra o desmatamento em suas regiões.