Proteção da Floresta Amazônica: dever do Brasil ou do mundo inteiro.

Envie sua redação para correção
    O descobrimento oficial do Brasil ocorreu em 1500, a chegada dos portugueses representou: conquista de terra, domínio e exploração. A realidade da floresta amazônica também é um cenário de interesses capitalistas, mesmo com a destruição ela ainda se mantém com sua biodiversidade. 
         A floresta é responsável pelos principais recursos do país, seja água, madeira ou plantas medicinais. É notável a sua importância para o mundo, mas diante da ganância ela está cada vez mais escassa, danos causados por falta de planejamento e leis eficazes que não garantem sua preservação. 
      Um dos princípios do PAS (Plano Amazônia Sustentável), é ampliar a presença do estado, para garantir o controle de ocupação territorial e uso dos recursos, essa diretriz não condiz com a realidade, a ineficácia da fiscalização impede a garantia desses direitos.
      As riquezas da região trouxeram estrangeiros para a região. Segundo a revista movimento, o extrativismo se explica pela demanda internacional, a devastação é ocasionada principalmente por demandas externas e não pela necessidade nacional.
       Diante do exposto, é vital implementar leis eficazes para a preservação da floresta. O ministério do Meio Ambiente deve trabalhar junto com o Tratado de Cooperação Amazônica, utilizando a verba do Fundo Amazônia, estabelecendo normas rigorosas, para o combate do desmatamento, uso inadequado dos recursos, delimitação de terras, entre outros. A lei também irá incentivar o plantio de arvores concedendo benefícios para os ocupantes das terras, gerando o uso consciente do território amazônico.