Envie sua redação para correção
    A floresta Amazônica é explorada desde o início da história brasileira até a atualidade, em ciclos econômicos como o da borracha. Por isso, muito se discute sobre a responsabilidade do cuidado desta grande floresta. Nesse contexto, é preciso perceber que a influência deste grande bioma é mundial, assim como a responsabilidade de sua preservação.
      Antes de tudo, é preciso reconhecer a importância da Amazônia para o Brasil. Percebe-se o seu valor ao observar a interferência climática que tem no regime de chuvas em diferentes áreas do país. É conhecido pela geografia que as massas de ar carregadas de vapor, conhecidas como "Rios Voadores", levam chuva para regiões como Centro-Oeste e Sul, e são resultado da evapotranspiração da Amazônia. Ademais, estas chuvas colaboram não só em nível climático, mas também econômico, ao atuar em diversas plantações do agronegócio. Por isso, faz-se tão importante ter um plano econômico sustentável.
      Além disso, o bioma Amazônia intervém no resto do mundo, pois muitas das espécies encontradas neste são parte importante de medicamentos e matérias-primas para produtos cosméticos, como o jaborandi. Para exemplificar, uma entrevista feita em 2017 pela faculdade de medicina do ABC, mostrou que a planta unha-de-gato pode ser utilizada para tratar artrite e melhorar a qualidade de vida de pacientes oncológicos em estágio terminal. 
      Desta forma, é visível que a Amazônia oferece muito não só ao Brasil, mas também ao mundo, em diversas instâncias. Assim, não é dever apenas da nação brasileira protegê-la e sim, de todo o mundo. Para isso, ações individuais como atentar-se à origem da madeira que é consumida, se é legal ou não, podem ajudar a proteger esta floresta. Adicionalmente, o Governo Federal deve articular-se com governos de outros países e organizações preocupadas com o meio ambiente, como a ONU, para criação de políticas sustentáveis e acordos que colaborem com um desenvolvimento sustentável.