Proteção da Floresta Amazônica: dever do Brasil ou do mundo inteiro.

Envie sua redação para correção
    Desde o Período Colonial, que ocorreu por volta de 1500, a Amazônia é desmatada, pois os europeus usavam o pau-brasil como matéria prima na metrópole. Hodiernamente, o desmatamento cresceu absurdamente em comparação àquela época, seja por ações antrópicas ou governamentais. Dessa forma, é necessário que a população mundial se conscientize e preserve esse bioma tão importante para todos.
             A Floresta Amazônica possui a maior biodiversidade do mundo, o que contribui com o processo de fotossíntese e respiração celular, que são mecanismos primordiais para a oxigenação da terra. Logo, o governo é culpado em relação as leis ambientais brandas, porque muitas dessas enquadram em crime ambiental, mas o autor é liberado após o pagamento de fiança, dinheiro que é usado muitas vezes para a corrupção.
             Vale destacar, que o homem não tem compaixão nem mesmo com a sua própria vida, tornando-o lobo do próprio homem, como dizia o filósofo Thomas Hobbes. Com isso, muitas pessoas de diversos países, contribuem para o agravamento do desmatamento, como: queimadas, indústrias, pecuária, agricultura, dentre outros, o que responsabiliza todos igualmente.
          Diante disso, é fundamental a participação de toda a população mundial para a preservação da Amazônia. Assim, a ONU (Organização das Nações Unidas) e o Ministério do Meio Ambiente devem criar políticas públicas, que atinjam o mundo todo a respeito da preservação daquela, por meio de anúncios em televisão e internet, com a intenção de conscientizar as pessoas. Também, são necessárias que as ONGs (Organização Não Governamental), por meio de simulações e anúncios em espaços públicos, mostrem para as pessoas as consequências desastrosas do desmatamento da Floresta Amazônica se não forem tomadas atitudes benéficas para o bem desse bioma. Com todas essas ações, essa exuberante fonte de biodiversidade seria preservada e usufruída por gerações futuras.