Proteção da Floresta Amazônica: dever do Brasil ou do mundo inteiro.

Envie sua redação para correção
    Segundo o ambientalista e co-fundador do Greenpeace Paul Watson, "A inteligência é a habilidade das espécies para viver em harmonia com o meio ambiente.". Entretanto, apesar de sua engenhosidade observada através das eras, o ser humano não parece ter alcançado tal nível de sapiência; enquanto os interesses do capital são tratados como prioridade, maior floresta tropical do mundo, a floresta amazônica, encontra-se cada vez mais desprotegida e subjugada.
      Primeiramente, devemos desmitificar que "A Amazônia é o pulmão do mundo.". A floresta, graças a fotossíntese, consome durante a noite quase todo o oxigênio que produz durante o dia, logo, o oxigênio produzido pela floresta não chega aos grandes centros. Todavia, a Amazônia é responsável por manter o equilíbrio climático, uma vez que absorve o carbono da atmosfera e acaba atuando como amortecedor das mudanças impostas pela modificação do clima global. Segundo o doutor em ecologia Paulo Moutinho, seria mais correto se referir a floresta tropical como "O ar-condicionado do planeta.".
      Fazendo uma reflexão, podemos identificar que o principal problema da floresta amazônica é o desmatamento. Segundo estimativas, 50 milhões de hectares já foram desmatados nos últimos 30 anos, isso seria equivalente ao território do estado de São Paulo vezes dois. As grandes responsáveis pelo desmate são as indústrias da pecuária e madeireiras. A primeira que se localiza ao sudeste da floresta (parte que cabe ao Mato Grosso), tendo em vista o grande mercado consumidor de carne - não só no Brasil, mas em todo o globo - não mede esforços para expandir cada vez mais a área de pasto e produção de soja para os animais. A segunda, se recusam a utilizar as  técnicas de manejo florestal implementadas do Brasil em 1965 (Art. 15 do Código Florestal), causando danos que deixam o espaço em questão mais suscetível a incêndios florestais.
       Diante do exposto, urge que o Estado Brasileiro, em parceria com os outros países que também concentram parte da floresta Amazônica e todas as outras nações soberanas preocupadas com a gerações seguintes, reforce as políticas existentes (como uma modernização no Código Florestal em vigor) e destine recursos sólidos ao Ministério do Meio Ambiente, para que haja fiscalização e proteção nas áreas onde mais ocorrem o desmatamento. Também é necessário se promova um debate sobre a indústria de carne e derivados animais, pois é preciso fazer consumo consciente desses produtos,  uma vez que eles são responsáveis por grande parte do problema.
      Os seres humanos evoluíram vertiginosamente através dos séculos, criaram vacinas e desenvolveram uma agricultura moderna... nossa inteligência está estampada em nossa história. Se colocarmos em prática algumas medidas para preservarmos nossa existência nesse planeta, sem dúvida subiremos ainda mais na escala evolutiva.