Materiais:
Enviada em: 12/03/2017

A banalização da informação   Apesar de existir desde o final do século XX, a rede mundial de computadores,internet, difundiu-se pelo mundo na última década, transformando radicalmente a maneira de se divulgar informações. Referente ao constante compartilhamento de mentiras e boatos na internet, pode-se afirmar que é necessário conscientizar a população, tendo em vista a banalização da informação em consonância à impunidade.   Ao analisar redes sociais, por exemplo, nota-se que o brasileiro não está muito preocupado com a veracidade das matérias a qual ele tem acesso e compartilha com outros, assim é comum encontrarmos informações levianas espalhadas pela internet. Além disso, boatos no mundo virtual têm destruído a reputação de empresas sérias, a Coca Cola, por exemplo, foi acusada de vender refrigerantes com pedaços de rato dentro.  Outrossim, a impunidade dos crimes virtuais faz com que as pessoas sintam-se no direito de dizer qualquer coisa na rede. A legislação brasileira já possui leis para reprimir esse tipo de pessoas,porém, a falta de estrutura impede o cumprimento destas. Dessa forma, as vítimas acabam não denunciando as mentiras levantadas, e os agressores intensificam suas práticas uma vez que têm a certeza da impunidade.   Espalhar mentiras e boatos na internet,portanto, é crime. E conscientizar a população dos perigos envolvidos em divulgar informações sem procedência, é essencial para combater esse problema. Somando-se a isso, a União deve investir em delegacias especializadas e profissionais capacitados afim de punir àqueles que fazem da rede um mundo sem lei.