Materiais:
Enviada em: 02/09/2017

Todos os dias, milhares de mensagens circulam por toda a web, na maioria da vezes, elas carregam informações que nós auxiliam durante o tempo todo. Mas nem sempre essas informações estão corretas, as vezes, usuários criam mentiras e boatos, para ganhar acessos e coisas do tipo. Mas até que a verdade seja dita, coisas ruins podem acontecer e eventualmente, pessoas podem se machucar, por isso, estou aqui hoje para apresentar os riscos de compartilhar boatos e mentiras na internet.       Quem não se lembra do caso de Fabiane Maria de Jesus? Que foi acusada de sequestrar e executar crianças, para fazer rituais ocultistas, e acabou sendo linchada até a morte por seus vizinhos e outros moradores da região.        Esse tipo de mensagem é compartilhada a todo momento, mesmo que em uma escala menor de gravidade. O maior motivo para que continuem criando esse tipo de conteúdo, é a liberdade que temos, graças ao anonimato que a internet nos oferece.         Desta maneira ficaria difícil parar esse tipo de ação. Mas uma maneira que poderia ser eficaz, seria, formar uma equipe que rastrearia o indivíduo que criou tal mentira, através do endereço de email do criador da lorota, já que ainda que você não use uma foto de você mesmo e nem o seu verdadeiro nome, é possível achar informações ou até mesmo te rastrear tendo o IP do dono da conta de email em mãos.