Violência urbana no Brasil

Envie sua redação para correção
    A falha do Estado em prover educação e segurança é a principal causa do aumento da violência urbana. Com a falta de apoio familiar e educação pública, grande parte dos jovens, atualmente, ficam mais suscetíveis à influências negativas, como a da violência. Ademais, a facilidade ao acesso ilegal à armas de fogo no Brasil, aliada com a corrupção presente em alguns órgãos de segurança pública, torna ineficaz a proteção da população. 
     Primeiramente, vale lembrar que a maioria dos adolescentes estão sendo influenciados por culturas de violência. Segundo a socióloga brasileira, Kátia Mendonça, a maioria das famílias estão falhando em providenciar valores e bons exemplos aos seus filhos, assim eles sofrem interferência externa, por exemplo, filmes e jogos violentos. O recente caso que ocorreu na cidade de Suzano, em março de 2019, onde dois jovens entraram atirando em uma escola, mostra como os mesmos foram influenciados por culturas violentas, pois segundo depoimentos de envolvidos no caso, os dois jovens tinham como inspiração o massacre feito na escola Columbine, nos Estados Unidos.
     Outro aspecto a ser abordado é a falta de eficácia do Governo em providenciar proteção e educação. Órgãos de segurança pública, como a polícia federal, civil e militar, apresentam vários casos de membros corruptos que formaram milícia dentro da mesma, devido a esse corrompimento, a população se sente insegura por não poder acreditar na segurança do país. Além disso, o porte ilegal de armas dentro de território brasileiro tornou-se algo comum e fácil, pois de acordo com pesquisa feita pelo FBSP, o Brasil possui número de mortes, por armas de fogo, 30 vezes superior ao do continente Europeu.
     Portanto, é dever do Governo Federal investir mais em educação por meio da melhoria do sistema de ensino público, também cabe a ele prover melhorias na segurança pública e maior fiscalização quanto o porte de armas, resultando em um melhor ambiente para os jovens crescerem.