Violência urbana no Brasil

Envie sua redação para correção
    De acordo ao artigo sexto da Constituição Federal de 1948, todos os indivíduos tem direito a segurança e ao bem-estar. Conquanto, diante grande divergência social, a parte desfavorecida da população brasileira não desfruta de tal direito. Nesse contexto, não há dúvidas que o combate à violência urbana é um desafio no Brasil, o qual ocorre, infelizmente devido não só à negligência governamental, mas também ao preconceito da sociedade.
        Hodiernamente, ocupando a nona posição na economia mundial, seria racional acreditar que o Brasil possui aspectos governamentais impecáveis. Contudo, a realidade é justamente o oposto e o resultado desse contraste é claramente refletido na péssima segurança brasileira. Consoante Aristóteles no livro "ética a nicômaco", a política serve para garantir a felicidade dos cidadãos. Diante do exposto, é evidente que sua posição na economia mundial não faz jus aos diversos problemas enfrentados no Brasil contemporâneo.
        Outrossim, a crítica sem embasamento correto a respeito dos moradores das periferias , tristemente é reflexo de pensamentos arcaicos, que acabam acarretando o aumento do preconceito à população menos favorecida. No entanto, segundo o pensador e ativista Francês Michael Foucault, é preciso mostrar às pessoas que elas são mais livres do que pensam para quebrar pensamentos errôneos construídos em outros momentos históricos. Assim uma mudança nos valores da sociedade é fundamental para transpor as barreiras do preconceito.
       Infere-se, portanto, que ainda há entraves para garantir a solidificação de políticas que visem a construção de um mundo melhor. Dessa maneira, cabe ao Ministério da Educação criar um projeto para ser desenvolvido nas escolas o qual promova palestras, apresentações artísticas e atividades lúdicas a respeito da diversidade socioeconômica e dos problemas vivenciados por cidadãos que vivem nas periferias. - uma vez que, ações culturais coletivas têm imenso poder transformador - a fim de que a comunidade escolar e a sociedade no geral - por conseguinte - conscientizem-se. Construindo então, uma sociedade mais fiel aos princípios da constituição.