Violência urbana no Brasil

Envie sua redação para correção
    Na contemporaneidade, a violência urbana no Brasil é um dos maiores problemas na sociedade brasileira. Infringindo a qualidade de vida dos cidadãos, a violência urbana é o conjunto de ações que transgridem a lei e a ordem pública nas áreas urbanas, como os assaltos, homicídios, sequestros e etc, o que resulta na insegurança da população. Essa adversidade é por consequência, principalmente, da ineficácia do sistema carcerário e a falha dos investimentos na segurança.
     Pode-se destacar que, de fato o sistema penitenciário é incompetente, pois não cumpre sua tarefa de reeducação e ressocialização dos seus presidiários. De acordo com a revista ISTOÉ, sete em cada dez ex-presidiários voltam ao mundo do crime, reafirmando a inoperância desse sistema que, como consequência, em vez de ser uma das soluções das agressões urbanas, acaba decorrendo a permanência desse.
     Outro fator existente é a ausência de investimento no setor da segurança. A falta de preparo dos agentes policiais e militares, o descaso do Governo para com esses, a carência de estrutura são outros motivos para a continuidade da violência nas cidades, pois não tem como haver uma melhora da segurança sem a priorização e a aplicação de recursos nessa.
      Em face aos dados apresentados, a violência urbana aflige o bem estar da população, logo é necessário que o Governo, meio pelo qual o corpo governante funciona e exerce autoridade, torne as prisões eficazes, liberando verbas para reestruturar os sistemas prisionais, para que assim as agressões urbanas sejam diminuídas. Além disso, em questão da preparação dos agentes de segurança, tem que existir um curso preparatório e um aumento salarial, a fim de que a sociedade tenha agentes preparados ao seu dispor.