Envie sua redação para correção
    À procura das causas para o contínuo aumento da violência urbana, organizações como o OMS condenam o Brasil como o país que mais mata no mundo. Além disso, testemunhar atos violentos se tornou algo tão comum que a maioria das pessoas raramente se comovem.
    
          Primeiramente, é importante considerar os impactos da educação para o aumento da violência. A educação está altamente associada com a conduta individual. Logo, a forma como o mundo é percebido, e reações são decodificadas pelo cérebro, altera diretamente a personalidade e o comportamento humano.
    
         É necessário também, analisar a crise na reintegração de delinquentes devido à precariedade do sistema carcerário atual. Com isso, um descontrole na reabilitação comportamental desses indivíduos é ocasionado. Visto que a taxa de reincidência criminal apenas tem aumentado chegando a 70% em 2016 segundo ao IPEA.
          Por conseguinte, devido ao aumento da violência urbana estar associada, principalmente, a fatores comportamentais é de extrema necessidade que a escola e os indivíduos  revolucionem a educação. Seja com cobranças governamentais para que sejam criadas novas técnicas de abordagem educacionais para então a sociedade juntamente com a mídia, ONGs e escolas possam propagar bons comportamentos. Logo que segundo Paulo Freire: A educação não transforma o mundo, a educação muda pessoas. Pessoas transformam o mundo.