Envie sua redação para correção
    De acordo com o filosofo Jean Paul Sartre " A violência seja qual for a maneira como ela se manifesta será sempre uma derrota". Analogamente a esse pensamento, os desafios para se reduzir a violência urbana no Brasil são caracterizados principalmente pelo crescimento acelerado e desordenado das cidades e pela desigualdade social.
          Em primeira análise, cabe pontuar que, com crescimento acelerado e desordenado das cidades adversidades como fome, desemprego e marginalização se tornam uma realidade recorrente. Um experimento social realizado  pela Universidade de Stanford nos (EUA), a teoria das janelas quebradas, constatou que quando os pequenos problemas não eram resolvidos  conduziam a sociedade ao caos e a condutas  criminosas mais graves. Em conformidade a essa teoria, a falta de presença do estado em fiscalizar o crescimento das cidades, acaba aumentando a violência no país. 
        Ademais, outro fator a salientar é a desigualdade social, no documentário Ilha das Flores essa realidade é bastante retratada, sobretudo quando o valor dado ao porco da ilha se sobressai aos valores humanos, uma realidade ainda muito presente na nação brasileira que intensifica e estimula a criminalidade. Dessa maneira, a população que vive em comunidades mais carentes acaba enxergando no crime a única possibilidade de ascender economicamente de maneira rápida. Algo que precisa ser mudado para que a violência urbana seja reduzida.
          Torna-se evidente, portanto que é necessário se repensar a disposição urbana em detrimento das tensões sociais. Assim, cabe ao Ministério de Infraestrutura combater a desordem urbana, por meio de multas aplicadas aquele que infringir as decisões do estado, que deverá reduzir o crescimento desarticulados das cidades brasileiras. Desse modo poderá ser estabelecido um bem estar social. Outrossim, cabe ao Ministério da Educação que deve criar projetos sociais em comunidades carentes visando estabelecer uma nova visão de ascensão econômica.