Violência urbana no Brasil

Envie sua redação para correção
    A violência urbana no vem crescendo, segundo o Atlas da violência 2018, o número de homicídios no Brasil ultrapassou 60 mil em um ano. As causas do aumento desse índice envolve questões socioeconômicas, nas quais a negligência do Estado e a desigualdade social geram como consequências crimes como assassinatos, roubos e latrocínios que impactam em uma visão internacional negativa do país. 
      As causas da violência urbana são a negligência do Estado e a desigualdade social visto que uma grande parcela da população não tem acesso ou não são assistidos por serviços públicos de qualidade e não havendo perspectiva de melhora na qualidade de vida, o crime torna se uma alternativa para viabilizar a qualidade de vida a esses indivíduos. 
       A consequência do aumento da violência urbana é a proliferação de crimes como assassinato, latrocínios e roubo a mão armada que impactam em uma visão internacional negativa do Brasil de tal maneira que torna-se um empecilho para o país, uma vez que afeta o turismo e diminui possíveis investimentos externos. 
        Diante do exposto acima, deve-se concluir que as causas da violência urbana é a negligência do Estado com a população marginalizada que veem no crime a possibilidade de melhoria da qualidade de vida. Isso tem como consequência uma visão negativa do país visto que impactam na quantidade de turistas e diminui possíveis investimentos externos. Portanto, cabe ao governo por meio do Ministério da Educação implementar políticas para a juventude  e reduzir os índices de evasão escolar por intermédio de estados e municípios que devem investir em estratégias de prevenção a evasão  e de recuperação de jovens que abandonaram os estudos. Através disso, o Estado deixará de ser negligente e reduzirá os níveis de desigualdade social e consequentemente o índice de criminalidade.