Envie sua redação para correção
    No Brasil, o índice de homicídios aumentou significadamente nos últimos anos, demonstrando que a crescente violência  no país. Tal fato ocorre devido a se ter pobreza profunda em comunidades que, juntamente com a falta de estrutura, faz com que nem todos tenham as mesmas oportunidades e acabem escolhendo o caminho do crime. Assim, a violência (principalmente) urbana no país tem como causa a desigualdade econômica e a violência policial e tem como resultado crescimento do número de  homicídios.
       Em primeiro plano, se tem a falha do Estado em relação as pessoas viventes nessas regiões . A ausência de escolas junto com a falta de empregos corrobora com a inserção do jovem no crime, pois sem essa instituição, não se há a possibilidade de especialização em alguma área  e a entrada no mercado de trabalho é dificultada, então veem na infração  uma opção de vida e de possível ascensão. Dessa forma, é necessário que o governo estabeleça mais instituições escolares nos municípios mais privados dessa, com o intuito de educar para assim conquistar mais infantis do que o mal, ademais gerar mais empregos para esses, a fim de lucrar e reduzir o índice desses no crime. 
       Em segundo, se tem os massacres ocorridos entro do sistema penitenciário,que corre por causa má remuneração, o que revolta os presos e os incita a cometer mais violações dentro e após a saída da prisão. Exemplo da ira policial é o massacre do Carandiru (1992) em que houve uma intervenção da polícia militar e resultou na morte de centenas de detentos.Com isso, é necessário que instâncias municipais e estaduais paguem seus policiais a fim de diminuir tal raiva.
      Urge,portanto, a necessidade da diminuição da diferença de riquezas e também da fúria dos agentes. Cabe aos Estados e municípios a investirem em estratégias para manter pessoas na escola e evitar a evasão do mesmo, além de promover a criação de mais escolas, para criar mais chances lícitas para esses. Ademais, cabe as instâncias municipais e estaduais a pagar seus policiais civis e estaduais, coma intenção de evitar revolta do mesmos, para assim alcançar uma população com menos violência.