Violência urbana no Brasil

Envie sua redação para correção
    A violência urbana, no Brasil, advém do final do período imperial, o qual caracterizou-se pela libertação dos cativos africanos. No entanto, o Estado não promoveu políticas públicas de inclusão para a população negra, a qual ficou à margem da sociedade. Sendo assim, percebe-se que a violência é um problema social, histórico e racial. Portanto, está relacionada a pobreza, a desigualdade social e a falta de investimentos nas forças policiais.
             Por conseguinte, a violência está relacionada com a falta de políticas públicas para a população de baixa renda; sendo ela, majoritariamente,negra. Por exemplo, como mostrado pelo jornal "O Globo": cerca de sessenta e três por cento das vítimas de violência são pardos ou negros, adolescente que vivem em periferias. Sendo assim, cria-se nesses locais um poder paralelo ao Estado, o dos traficantes de drogas, que corrompem os jovens para o crime. Logo, a condição social desses seres contribui para a periculosidade urbana.
    
               Entretanto, percebe-se que a violência não liga-se estritamente a fatores sociais, mas também a falta de investimento nos poderes policiais. Por exemplo, como ocorreu no massacre do Carandiru, o qual devido a falta de preparação dos agentes centenas de presos morreram. Logo, percebe-se algumas falhas no poder policial, como a truculência na abordagem. Por fim, a falta de preparo das forças coercitivas favorece para a permanência do ciclo vicioso da violência.
    
             Diante do exposto, o governo federal, por meio do poder legislativo deve criar um projeto de lei que aumente os investimentos na área da segurança pública, afim de capacitar e equipar as corporações policiais para melhorar a eficácia da sua atuação. Concomitantemente, as Organizações Não Governamentais (ONG's) atuariam nas periferias e aglomerados para fornecer cursos,aulas de esportes, entre outros. Tais situações teriam como objetivo diminuir a violência urbana por meio da educação. Por fim, a população brasileira como um todo beneficiaria-se com essas ações.