Envie sua redação para correção
    Funcionando conforme a 1ª Lei de Newton, a lei da inércia, a qual afirma que um corpo tende a permanecer no seu movimento até que uma força suficiente atue sobre ele mudando o percurso, a violência urbana é um problema que persiste na sociedade brasileira há algum tempo. Com isso, ao invés de funcionar como a força capaz de mudar o percurso desta problemática, a combinação de fatores escolares com faltas de políticas públicas acabam por contribuir com a situação atual.
     Segundo pesquisas, uma parte dos jovens deixam as escolas para ir trabalhar. No entanto, ao saírem em busca de empregos, deparam-se com o mercado de trabalho cada vez mais seletivo, exigindo experiência na área, ensino médio completo e até ensino superior. Com isso, ficam cada vez mais excluídos, mas precisam de dinheiro para sustentar suas famílias, logo, vêem no crime uma oportunidade para esse momento. Ao entrar na criminalidade ocupam serviços básicos, porém podem chegar até o maior cargo local. Um exemplo deste fato consiste na história de Antônio que começa como segurança de uma das bocas de fumo -precisava pagar suas dívidas acumuladas por causa da doença da filha- e termina preso como Nem da Rocinha (chefe do tráfico da maior favela do Rio de Janeiro). Assim, a falta escolar, por não contribuir com a entrada no mercado de trabalho, contribui para a violência urbana.