Envie sua redação para correção
    A violência urbana é um grave problema que afeta todas as nações, o Brasil por exemplo, em 2016 cerca de 60 mil pessoas foram alvos dessa violência. Ela é dividida em diversos tipos como a violência doméstica e a violência contra crianças e adolescentes.
          Sendo um conjunto de comportamentos que envolvem a violência e o abuso, a violência domestica é uma realidade de aproximadamente seis entre dez mulheres no Brasil. Como dizia Ronald Lang ''Destruímos a nós mesmos pela violência disfarçada de amor'', a ilusão que a agressão é feita apenas por amor impede das vitimas denunciarem a agressão, porém, após a criação da Lei Maria da Penha ( Lei nº 11.340 de 7 de agosto de 2006)  permitiu que as mulheres tenham proteção e que os crimes fossem punidos com mais rigor.
          O aumento da violência urbana no brasil se da em respostas as mudanças na demografia global subnacional, crescente desigualdade nas áreas urbanas e condições políticas cada vez mais instáveis ​​nos países em desenvolvimento. Suas consequências são diversas como assassinatos, latrocínios, roubos a mão armada, entre outros problemas que infligem a sociedade brasileira.
          É evidente que é preciso fazer algo  a respeito para diminuir  a violência urbana, um grande passo a se fazer é diminuir a desigualdade nas áreas urbanas, redefinindo as prioridades do controle de gastos, investir na educação e na saúde, fortalecendo um sistema único de saúde, e restabelecer a tributação sobre lucros e dividendos