Envie sua redação para correção
    Ao longo dos anos, o Brasil, se tornou um dos países mais violentos do mundo, liderando as taxas de assassinatos por morte violenta. Observa-se que a falta de policiamento também se torna grande, proporcionando tal desastre, salários extremamente baixos para profissionais tão importantes para a segurança da sociedade, insinuando-se uma desvalorização deste profissional.
      É sabido,que a pobreza é o principal fator para a violência. Comunidades carentes, sem investimentos na educação infantil e na economia familiar, leva a uma desordem na sociedade, em que para a população sair do caos em que se encontram, a tendência é roubar, e muitas das vezes à agressão é utilizada como uma ferramenta para tal ato, tal argumento confirma-se no pensamento do budista Tibetano Dalai Lama, afirma que a violência não é um sinal de força, e sim de desespero e fraqueza.
      Um aspecto muito importante, é a taxa de homicídios serem maiores para os negros, concluindo que além do Brasil ser um país extremamente violento, possui aspectos de descriminação racista, levando o negro a ser desrespeitado pela população. Os jovens são as maiores vítimas de homicídios, observando que a falta de investimentos governamentais e de incentivos familiares gera revoltas para com estes jovens.
      Apesar da pobreza ter diminuído no país, o índice de violência continua alto, para que isso mude a força policial precisa ser valorizada pelo estado, para que possa obter maior fiscalização na ruas, bairros e principalmente  nas periferias.Melhorar o salário dos policias para que se tenham um número maior de profissionais atuando na área, e assim, uma maior proteção e defesa. O governo precisa investir em programas para incentivar os jovens ao estudo e investir a fundo na educação, destacando em palestras sobre os danos que a violência causa na sociedade . Somente assim, realizando ações, as taxas de criminalidades e violência podem vir a decrescer e melhorar a qualidade de vida de toda a população brasileira.