Violência urbana no Brasil

Envie sua redação para correção
    No consagrado filme "Cidade de Deus", é mostrado como o meio social influencia jovens a entrarem na criminalidade e como ele se torna propenso à violência. Isso também é evidente fora do mundo cinematográfico, uma vez que o desnivelado sistema de ensino, a falta de oportunidades e o deficitário sistema carcerário  se apresentam como causas da criminalidade. Portanto, é necessário que medidas sejam exercidas para amenizar a violência no contexto urbano do Brasil.
          Mormente, é indubitável que o desigual sistema educacional ofertado aos grupos sociais é um propiciador da vulnerabilidade da sociedade. Seguindo a perspectiva de Immanuel Kant, o homem é produto da educação, assim, a falta de oportunidades e perspectivas direcionadas aos alunos de classe baixa, culmina em uma maior violência exercida pela população pobre. Dessa forma, sem uma qualificação profissional eficaz, o jovem se apresenta à margem da sociedade, visualizando o mundo do criminoso com um meio acessível e de fácil crescimento econômico. 
          Ademais, segundo a obra "Vigiar e Punir" de Michel Foucault, as prisões são desumanas e baseadas em estratégias punitivas. Em vista disso, observa- se que o sistema carcerário brasileiro utiliza apenas a inserção em penitenciárias como medida corretiva, sendo que os condenados carecem de motivação e qualificação para se reinserirem a sociedade e saírem da criminalidade. Por conseguinte, juntamente com o alto índice de violência, tráfico e corrupção dentro dos complexos prisionais, os indivíduos acabam se envolvendo ainda mais no mundo do crime e terminam suas penas sem perspectivas de ascensão social. 
          Destarte, como primeira intervenção, é imperioso que a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APACs), juntamente com os governos estaduais, ofertem cursos técnicos profissionalizantes para os indivíduos que já cumpriram metade da pena e para os que estão em regime condicional. Essa qualificação deve ser feita de acordo com a preferência do condenado, para que ele se sinta motivado a seguir a profissão e consiga estabelecer metas e perspectivas. Outrossim, é importante que as ONGs atuem com projetos sociais