Violência urbana no Brasil

Envie sua redação para correção
    A violência no Brasil é datada no ano de 1500 marcada pela invasão e conquista dos portugueses sob os índios. No século XXI, apesar de toda a evolução humana, a violência se faz cada vez mais presente na sociedade brasileira. Sendo a pobreza e a desigualdade racial alguns dos seus fatores determinantes para o seu crescimento acelerado.
    As crianças e os adolescentes de baixa renda que encontram as portas das escolas fechadas de greve e ficam durante todo o dia a margem da sociedade e com pouca perspectiva, veem no mundo do crime uma oportunidade de mudança de vida. Em consequência disso, 53,7% das vítimas totais de homicídio no país são jovens, sendo 94,6% deles homens, segundo O Globo.
    Além disso, os negros, pardos e pessoas de outras etnias que encontram condições diferentes de moradia, acesso a educação, saúde e segurança são os mais afetados na violência urbana, pois, 71,5% dos assassinatos são desses grupos étnicos, de acordo com dados do jornal O Globo.
    Portanto, medidas devem ser tomadas para resolver o impasse. O governo federal deve destinar uma maior parcela das verbas públicas para o Ministério da Educação realizar projetos educativos e culturais nas escolas públicas de todo o país com jovens e adolescentes. Assim, mantendo-os em um ambiente seguro e no horário oposto ao seu escolar evitando o aliciamento de menores no crime e dando uma nova perspectiva de vida a eles.