Esta, está ou estar: fotografia de duas pessoas estudando. Elas estão sentadas à mesa apontando para um livro com marcações em suas páginas.

Quando usar “esta”, “está” ou “estar”?

Roberta Firmino Dicas de Português

Aqui no blog da Imaginie nós já falamos sobre algumas palavras que causam confusão na grafia por serem homônimas, ou seja, termos que são pronunciados de forma igual, mas possuem significados diferentes. É o caso de “a cerca de”, “acerca de” e “há cerca de”, por exemplo.

Um outro caso de erro comum desse tipo acontece em relação ao uso das palavras “esta”, “está” ou “estar”. E é justamente sobre esses termos que vamos falar neste post! Você vai aprender em quais ocasiões usar cada um deles para não errar em sua redação. Preparado?

Por que confundimos “esta”, “está” ou “estar”?

Antes de entendermos qual é a forma certa de utilizar cada um dos termos, é importante entender porque é comum errarmos nesse caso. Afinal, conhecendo onde está a raiz do problema, conseguimos corrigi-lo com mais facilidade.

A confusão relacionada à opção por “esta”, “está” ou “estar” em nossos textos está muito ligada à nossa reprodução automática da oralidade quando escrevemos. Se você reparar, temos a mania de suprimir o “R” no infinitivo dos verbos enquanto estamos falando.

Por exemplo: quando falamos: “por estar mais preparado, foi bem na prova”, é comum que o “R” não seja tão expressivo na fala. E, assim, podemos ter a impressão de que dizemos “por está mais preparado, foi bem na prova”.

O problema real é quando internalizamos essa percepção e a reproduzimos na escrita. Assim, nos esquecemos de escrever o “R” no fim de uma palavra ou até mesmo não sabemos quando utilizá-lo, o que é considerado um erro na correção das redações.

E então, quando usar “esta”, “está” ou “estar”? É isso que vamos aprender agora!

Quando usar “esta”?

“Esta” é um pronome demonstrativo. Isso quer dizer que sua função, basicamente, é situar algo ou alguém no tempo e no espaço, além de substituir e retomar palavras com o propósito de não repeti-las insistentemente em um mesmo parágrafo, por exemplo. 

Se estamos falando de algo ou de alguém que está próximo de quem está falando no momento ou quando queremos introduzir algo que ainda será mencionado no discurso, usamos esse pronome e suas formas variáveis: “este”, “isto”, “estes”, “estas”. 

A sílaba tônica desta palavra, ou seja, a que pronunciamos de forma mais expressiva é “es”. Fica assim: ES-ta.

Para ficar mais fácil entender, confira os exemplos que separamos para você:

  • “Esta chave serve para abrir aquela porta.”
  • “Vou abrir esta janela para entrar sol.”
  • “Minha sugestão é esta: beba água, pois ela é fundamental!”


Quando usar “está”?

“Está”, por sua vez, é a flexão do verbo “estar”, que tem o objetivo de indicar o estado ou a condição de alguém ou algo (nós vamos falar sobre esse verbo mais para frente). Há duas flexões possíveis nesse termo:

  • 3ª pessoa do singular do presente do indicativo: ele ou ela está;
  • 2ª pessoa do imperativo afirmativo: está tu.

Como está marcado pelo acento, a sílaba tônica do termo é “tá”. Veja alguns exemplos de sua aplicação:

  • “Está tudo bem com seu irmão?”
  • “Ele está com fome.”
  • “A sua família está com pressa para sair.”

Gif de um fantoche de meia simulando uma fala.

Quando usar “estar”?

A palavra “estar” é um verbo em sua forma do infinitivo, ou seja, todas as conjugações vêm dele. Como falamos no tópico anterior, ele indica o estado ou a condição de alguém ou algo.

Assim como outros verbos, como “fazer”, “falar”, “comer” ou “ir”, por exemplo, ele não pode ser usado como um tempo verbal em sua forma do infinitivo. Portanto, nada de dizer “Maria estar vestida de preto.” É preciso conjugar: “Maria está vestida de preto.”

Então, quando usamos o termo “estar”? Principalmente no caso das locuções verbais ou quando o termo tiver a regência de uma preposição. Veja os exemplos:

  • “Ele precisa estar aqui às quatro horas.”
  • “Seu pai deve estar contente com o seu retorno.”

E aí, deu para aprender quando usar “esta”, “está” ou “estar”? Esperamos ter te ajudado! E, para já começar a colocar os seus conhecimentos em prática, que tal baixar o nosso modelo de redação e treinar a utilização desses termos em seu texto?

Vamos debater sobre?

Rua Bernardo Guimarães, 2129 - Lourdes, Belo Horizonte - MG, 30140-087. Telefone: (31) 3517-1717

Copyright © 2015 Imaginie | Made in #SanPedroValley and Utah.