Envie sua redação para correção
    Diabetes, hipertensão, obesidade. Diversas são as consequências causadas pela constante ingestão de alimentos industrializados. Apesar da alimentação saudável promover uma boa qualidade de vida para o indivíduo, ela é tratada com descaso por parte da população e pelo Estado brasileiro. Dessa forma, faz-se necessárias mudanças político-sociais no âmbito nacional.
          Primeiramente, é importante ressaltar que o cotidiano atribulado dos brasileiros promovem uma alimentação constituída por alimentos processados, haja vista que que a facilidade no preparo contribui para a redução no tempo gasto. Nesse sentido, a máxima de Hipócrates, "Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio.", prova a necessidade humana de consumir alimentos que, disponham de valores nutricionais importantes para o organismo, de modo que estimulam a saúde e o bem-estar do indivíduo. 
    
          Além do mais, é válido mencionar que uma alimentação provida de alimentos industrializados favorecem a obtenção de doenças crônicas, como a hipertensão e a obesidade. Nesse viés, os dados do Ministério da Saúde apontam um aumento de 60% dos brasileiros com obesidade, uma vez que uma má alimentação contribui para o desenvolvimento da situação. Logo, fica evidente que o Brasil necessita de medidas governamentais para a modificação da situação. 
    
          Infere-se, portanto, que ações são necessárias para a mudança do quadro vigente. Portanto, o Ministério da Educação, em parceria com a escola e a família devem promover discussões acerca do assunto, para que os alunos entendam a importância de uma alimentação saudável e pratiquem os bons hábitos alimentares. Ademais, o Ministério da Saúde deve fortificar as políticas públicas em prol das boas práticas alimentares, por meio de palestras e a realização de exames nas UBSs, contando com a participação de profissionais da área de nutrição. Feito isso, a sociedade evitará o consumo desses alimentos e fará da saúde um estilo de vida.