O impacto dos ultraprocessados no padrão alimentar brasileiro.

Envie sua redação para correção
    Segundo Platão "O importante não é viver, mas viver bem". Para o filósofo a qualidade de vida é tão importante que ultrapassa a da própria existência. No entanto, alimentos ultraprocessado têm causado grandes impactos na qualidade de vida dos brasileiros, como o aumento de doenças alimentares e elevação dos gastos com saúde pública. Assim, hão de ser analisados tais fatores para que se possa mitigá-los de maneira eficaz.
    A priori, segundo estudo realizado pela USP, nos últimos anos o Brasil têm diminuído de maneira considerável o consumo de alimentos tradicionais, como arroz e farinha de mandioca, em contrapartida, o consumo de ultraprocessados têm se elevado. Nessa conjuntura, tais industrializados, compostos exageradamente por gorduras, açúcares e sais, têm sido responsáveis por grande fatia das doenças atuais, como diabetes, hipertensão e compulsões alimentares. Logo, é substancial a alteração desse quadro que afeta a disposição física e mental da população.
    A posteriori, segundo o jornal O Globo, em 2080, no Brasil, a quantidade de idosos acima de 80 anos será superior a quantidade de crianças e jovens de até 14 anos. Logicamente, indivíduos idosos necessitam de maiores gastos com saúde, entretanto, tal situação pode ser mais agravada se durante a juventude o indivíduo tiver seu organismo agredido por uma péssima qualidade alimentar. Nesse contexto, a tendência é a formação, à longo prazo, de uma população idosa com a saúde extremamente debilitada, fazendo os gastos com saúde crescerem exponencialmente.  
    Diante do exposto, medidas exequíveis são necessárias para reduzir o consumo de ultraprocessados. Desse modo, cabe ao Estado, por meio de leis - que é a melhor maneira de exigir um padrão de qualidade dos alimentos industriais - regular a quantidade de químicos que podem ser adicionados aos alimentos e punir severamente as empresas que desrespeitarem tais normas. Para que assim os cidadãos possam se alimentar de forma saudável e melhorarem sua qualidade de vida, podendo, dessa forma, buscarem a máxima apontada por Platão.