Envie sua redação para correção
    Vê-se que com o crescimento das indústrias, cada vez mais alimentos ultraprocessados são criados, e com a correria do dia a dia as pessoas optam por eles, por serem práticos, atraentes e terem longa vida. Desse modo, é notável que o consumo desses produtos no Brasil está crescendo gradativamente, devido a necessidade e acessibilidade. Muitos olham somente os benefícios, que são pouquíssimos, e esquecem dos males que podem trazer para a sua saúde.
       Nesse viés, pode-se citar as inúmeras consequências do consumo desses alimentos, como: o ganho de peso, por ter poucos nutrientes e alto valor energético; diabetes; hipertensão; alguns tipos de cânceres; e o favorecimento do desenvolvimento de alergias e intolerâncias alimentares. Essa realidade é devido ao amplo processo industrial, o qual é rico em gordura, sal, açúcar e muitas outras substâncias artificiais, que servem para aumentar o prazo de validade dos alimentos.            
       Consequentemente, nota-se que além dos adultos consumirem esses alimentos ultraprocessados, eles oferecem as crianças, como salgadinho, bolacha, incentivando eles a aprenderem desde pequenos a comerem este tipo de alimento. Dessa maneira, essas crianças podem ter até mesmo anemia, devido a baixa ingestão de nutrientes, como vitaminas e minerais, além de outras consequências futuras.
       Portanto, medidas se fazem necessárias para que os brasileiros deixem de consumir esses alimentos. Cabe ao Ministério da Saúde em parceria com o Ministério da Educação a criação de campanhas feitas por profissionais qualificados, em escolas, que busque mostrar as consequências dos ultraprocessados e enfatizar a importância dos alimentos naturais, com a presença de pais e alunos, para que a alimentação em casa possa ser mudada também.